Seis livros para comemorar o dia Mundial do Rock

Seis livros para comemorar o dia Mundial do Rock

Olá, mais um treze de julho chegou e venho trazer aquela lista recheada com rockstars e romance do jeitinho que a gente gosta.

Eu sou muito suspeita para falar sobre livros que se passem no mundo da música e do Rock n’ Roll pois é, sem sombra de dúvidas, o meu tipo de livro de não fantasia favorito, perdendo apenas para meus queridos e amados vampirões, que comandam o topo da lista dos meus livros favoritos da vida.

SEIS livros para ler no dia mundial do rock

Capa Mais Que AmigosPrimeiramente eu não estou querendo puxar sardinha para o meu lado ao indicar meu livro nessa lista, mas de fato Mais Que Amigos é um livro completamente ambientado nesse mundo de rock n’ roll. 

SINOPSE: Quando Marina recebe uma mensagem de Romeu em um spam de um evento de rock, no final de uma noite extensa de estudos, ela nem imaginava o quanto sua vida iria mudar.
Ela é uma estudante introspectiva, aspirante à escritora e descobrindo a vida fora das asas de seu pai super-protetor.
Ele é um brutamonte petulante, apaixonado por carros antigos e vocalista de uma banda de rock em ascensão.
Entre os problemas da vida adulta, corações quebrados – mais vezes do que eles gostariam de admitir – e muito rock n’ roll, eles vão descobrir que de um ódio à primeira vista pode brotar muito mais que uma amizade.

Confira os Cinco motivos para ler Mais Que Amigos, de Valeria Torres

Esse é o livro de estreia da autora independente Janaina Sabidussi e eu me surpreendi muito com ele por se tratar de um livro em terceira pessoa, o que eu não sou em um pouco acostumada a ler.

Kate é uma mocinha forte enquanto Adam parecia ser um babaca e se mostrou ser um cara fantástico apesar dos esteriótipos. Um acidente une os dois da maneira mais improvável e muita emoção rodeia esses dois opostos em praticamente tudo.

SINOPSE: Quando o destino decide unir duas pessoas, nem os problemas da vida conseguem separá-los.
Quando a enfermeira Kate decidiu parar e ajudar uma vítima de acidente de trânsito nunca imaginou que iria ter a sua vida virada de cabeça para baixo, à começar pelo seu coração.
Adam nunca conseguiu esquecer aqueles olhos azuis que o ajudaram quando mais precisou, mas ao decidir procurar a dona deles nunca pensou que com a sua fama e fortuna iria precisar batalhar tanto para conquistar o coração machucado de Kate. Mesmo sendo um Rockstar de fama mundial a vida vem lhe mostrar que às vezes você precisa batalhar e muito para conquistar o que quer.

A Garota da Música foi o primeiro livro da Karina Heid que eu li e que fez eu me tornar fã por ela à primeira lida.

A história de Gabriel e Lis é um misto de Deus me livre com quem me dera. Um mocinho quebrado em tantas maneiras possíveis e uma mocinha que foi obrigada a ser forte apesar de tudo.

Uma história de amor, luta, superação, redenção e família que precisa ser lido por todas que amam um bom clichê que não seja tão clichê assim.

SINOPSE: Gabriel, o sexy vocalista da banda Bandits ouvia o estádio lotado entoar em coro: “Vadia!” e tudo que pensava era na injustiça daquilo. Mas a fama estava feita, e aquela música – e a garota que a inspirou – tinham sido a razão do seu sucesso.
Famoso mas emocionalmente quebrado, Gabriel decide numa noite acabar com tudo. A vida desregrada trouxe coisas boas, mas nunca tapou o buraco no peito. As lembranças o levam de volta à pequena cidade natal, e à garota que o resgatou do fundo do poço, anos atrás.
Do outro lado do país, as batalhas de Lis eram reais: lutar por justiça, ganhar dinheiro, sustentar o filho. Quando fica sabendo que o ex, hoje um roqueiro famoso teve uma overdose e pode morrer, precisa se decidir se conta para o filho que aquele é o seu pai.
Por nove anos ela apagou Gabriel de suas vidas. Afinal, foi abandonada por ele, grávida. Transformada injustamente na vilã que ele eternizou no mundo da música através de suas palavras.
Quando Gabriel retorna à cidade, o mundo de Lis vira ao avesso. As mentiras e os mal-entendidos vêm à tona, assim como os sentimentos que ambos achavam ter enterrado…
Baseado na música Skater Boy , da Avril Lavigne, A GAROTA DA MÚSICA é a história não contada do romance que deu errado.

Aproveite e confira a Resenha Literária: A Garota da Música, Karina Heid

É reviravolta que você quer, bebê? Então pega o Acordes Imperfeitos, se senta e prepara seu coração para a história de Bruno e Amanda que é recheada de emoções, reviravoltas, muita música e amor do começo ao fim.

Bia Carvalho vai nos fazer refletir muito sobre como julgamos os outros baseado nos nossos preconceitos ou em boatos espalhados sem nenhuma responsabilidade enquanto nos apaixonamos por esse casal improvável.

SINOPSE: Ele era o filho de um criminoso…
Ex-rock star, sedutor, considerado pela cidade como uma péssima influência – o típico bad boy. Todos diziam que eu deveria ficar longe de Bruno Gardelli, para a minha própria segurança.
Eu era nova na cidade. A garota perfeita, violinista, com reputação impecável, mas com um fraco por almas despedaçadas. E Bruno era uma. Sem dúvidas.
Ele parecia querer distância de mim, até que a música nos uniu. E também alguns fantasmas do passado, que poderiam ser muito mais perigosos do que o homem por quem eu lentamente começava a me apaixonar.
Quando segredos e verdades sobre as nossas histórias se entrelaçam, poderá o amor que construímos sobreviver ou ele apenas se despedaçará como tudo ao nosso redor?

A única coisa que eu posso falar sobre esse neném é: LEIAM! Sério. Não é só porque a L.C Almeida é uma autora nacional indepentente sem defeitos para criar mocinhos encantadores e mocinhas fortes feito diamantes, mas é porque Ethan Carter e Olivia Mendes são tudo que há de bom na humanidade.

Somos Apenas Amigos tem tudo que uma boa leitora apaixonada por clichês gosta: rockstars, amizade, romance, cenas clássicas que nos fazem suspirar e a construção de uma relação muito sólida baseada no respeito e na parceria.

SINOPSE: Se você dá a sorte de encontrar um melhor amigo nessa vida, você não faz nada que possa te arriscar a perdê-lo, certo?
Ethan Carter é um astro do rock.
Olívia Mendes é uma autora de romances.
O que esses dois têm em comum? Bloqueios criativos, vidas solitárias e uma conexão instantânea, que acaba os envolvendo num acordo inusitado.
Uma amizade de turnê.
Ethan é doce, tímido, romântico e a elegância em pessoa, enquanto Lil é forte, engraçada e desastrada. Mesmo que ninguém acredite que esse par inesperado consiga ser apenas amigos, eles ficam cada dia mais próximos e nenhum dos dois quer bagunçar isso se enfiando num relacionamento amoroso. Não, não. Eles têm um péssimo histórico amoroso e estragariam tudo, mais cedo ou mais tarde.
Namoros acabam. Amizades são para sempre.
Juntos, eles enfrentam os desafios da fama, dos corações partidos e das suas carreiras em ascensão, enquanto gritam para o mundo que “SIM, SÃO APENAS AMIGOS”.
Mas o que fazer quando a ligação se torna forte demais, os sentimentos começam a ficar confusos, os ciúmes aparecem e, de quebra, você ainda percebe que a pessoa ao seu lado é a mais incrível que já encontrou?
Você arrisca tudo? Você foge? Você sugere um “Test-Drive”?
Ou você continua apenas amigos? 

Para concluir essa lista eu trago Dear Seattle.  O livro já começa com a jovem e irresponsável Samantha indo escondida à um show de rock e conhecendo o sexy, misterioso e intragável Daniel. Apesar disso, ele foge um pouco do clichê palco e backstage quando passa a abordar mais o desenvolvimento de duas pessoas em uma relação complicada do que os shows de rock em si.

Esse é o romance de estréia da autora nacional Dani Smith e é incrível como ela descreve o crescimento e amadurecimento da jovem Sam e a redenção de Daniel depois de tudo de errado que ele fez.

*esse livro contém cenas que podem gerar gatilho sobre abuso de drogas e traição*

SINOPSE: O tempo é o algoz de muitas pessoas. É uma pena que também foi para Samantha e Daniel. Quando a jovem Sam decidiu assistir ao show de sua banda favorita, não imaginou que o baixista havia sido substituído pelo cara que a tiraria dos trilhos.
O misterioso Daniel foi fazer um favor para o seu irmão, produtor da Charlotte Pipe, substituindo um dos músicos da banda, mas não foram os holofotes do palco que brilharam diante dos seus olhos naquela noite.
Ao se conhecerem, Sam e Daniel são química pura, mas as barreiras para viverem a sua história são tão grandes quanto a atração que eles sentem.
Resta lutar pelo que querem e não deixar que o tempo leve a melhor.

Se não acredita no que eu digo, confira os Cinco motivos para você ler Dear Seattle, da Dani Smith


 

Todos os livros dessa estão disponíveis em ebook na Amazon e pelo Kindle Unlimited e alguns tem a opção de ser adquiridos na versão física diretamente com as autoras, através das redes sociais de cada uma delas.

Espero que tenham gostado da minha escolha e me conta qual seu roqueiro literário favorito e se ele está nessa lista.

Antes de ir confira o Lançamento: Dias Inesquecíveis, L.C Almeida e leia a Resenha Literária: Ethan, Dani Smith.

Vejo você por aí.

Tchau!

Deixe uma resposta